Aconteceu Naquela Noite (1934)

Por Sandro Massarani Nome: Aconteceu Naquela Noite Rating: 8 / 10 Nome Original: It Happened One Night Ano: 1934 País: EUA Cor: Preto e Branco Duração: 105 min. Dirigido por: Frank Capra Escrito por: Robert Riskin, baseado em uma história de Samuel Adams Estrelado por: Clark Gable, Claudette Colbert, Walter Connolly "Qualquer homem que se apaixone por sua filha tem que ter a cabeça examinada." Enredo: Garota rica e mimada foge do pai e embarca em uma longa viagem de ônibus com o objetivo de casar com um playboy, mas muda de planos ao encontrar no caminho um jornalista desempregado interessado em sua história. Filme que ajudou a consolidar várias convenções da comédia romântica e foi a primeira obra a ganhar os cinco principais Oscars. Histórico: Ano após ano inúmeras comédias românticas chegam ao mercado, pois são relativamete baratas de serem produzidas e possuem um amplo público, com um apelo especial as adolescentes. Praticamente todas essas obras, não importando sua qualidade, tem relação com uma das maiores surpresas da história do cinema: Aconteceu Naquela Noite, que contrário à todas as expectativas iniciais se tornou um dos grandes sucessos de todos os tempos e praticamente pavimentou os caminhos do diretor Frank Capra e de Clark Gable, que se tornariam referências do cinema mundial. Harry Cohn, chefe da Columbia Pictures, na época um estúdio menor, fez uma interessante proposta para o lendário Louis Mayer, co-fundador da Metro- Goldwin-Mayer (MGM). Cohn pediu emprestado o astro Clark Gable, oferecendo para o futuro os serviços de Frank Capra em troca. Era a época do sistema das estrelas de estúdio (star system), criado pelo próprio Mayer, onde os artistas ficavam ligados exclusivamente a um grande estúdio, dando uma característa única a cada empresa, sendo disputados de todas as formas. Mayer, revoltado com os pedidos de Gable por dinheiro, achava que o ator estava fazendo "corpo mole" e resolveu mandá-lo para a Columbia como uma espécie de castigo, onde atuaria em uma comédia de pouco orçamento que Capra estava organizando. Capra ficou insatisfeito com a chegada de Gable, pois pretendia outro ator para seu projeto. Gable, que já era conhecido, apareceu totalmente bêbado no escritório do diretor, que ainda não era muito famoso, desdenhando o filme. Capra também teve problemas com Claudette Colbert, e os dois discutiam constantemente. Na famosa cena da carona, Colbert se recusou a mostrar suas famosas pernas. Quando Capra pediu uma dublê, Colbert achou que a perna de uma outra qualquer sendo filmada como sua poderia manchar sua imagem, e então resolveu filmar a cena. Antes mesmo das filmagens começarem, Capra pensou em abandonar o projeto, mas como a Columbia já havia investido na obra, isso não foi possível. Gable, ironicamente, passou a se interessar pelo papel, se identificando com o personagem. Percebendo a excelente direção e liberdade que Capra lhe dava, se tornaram grandes amigos. Gable pela primeira vez pôde mostrar ao máximo seu estilo carismático de pessoa de bom coração com jeito de cafajeste que o levaria a ser uma das estrelas hollywoodianas mais famosas, acabando por atingir seu ápice em E o Vento Levou (Gone With the Wind, Victor Fleming - 1939). Como esperado, o filme inicialmente não fez sucesso, quase não tendo investimentos em propaganda. Porém, a história da menina rica que se apaixona por um jornalista desempregado, um conto de fadas bem ao estilo de Capra situado no meio dos Estados Unidos da Grande Depressão, mexeu de tal forma no imaginário da audiência que a obra começou a fazer um estrondoso sucesso. Acrescente a qualidade dos atores e da direção, o humor na medida certa, o conflito típico de personalidades distintas mas que se completam, e o final com suspense, e temos como resultado um grande vencedor. Aconteceu Naquela Noite foi o primeiro filme a vencer os cinco principais Oscars (Filme, Direção, Ator, Atriz, Roteiro). Colbert estava a caminho de Nova York quando foi abordada na estação de trem em Los Angeles e levada para a premiação, surpreendida com a vitória. Nada mal para um filme que nenhum dos atores principais desejava realizar, e o diretor esteve prestes a abandonar. A vida age por modos estranhos. Prós: - Seu sucesso ajudou a consolidar o padrão a ser seguido em comédias românticas, estabelecendo a fórmula do gênero (casal aparentemente incompatível que se apaixona) que é aplicada inúmeras vezes ano após ano. - A construção da paixão entre os personagens é feita de maneira gradativa e satisfatória. Não é nada corrido e artificial. Isso é importantíssimo pois dá credibilidade ao roteiro e aos personagens, que ficam mais realistas. A passagem de tempo ficou muito bem executada. - Contém várias cenas marcantes, como a da carona, a discussão simulada para enganar os detetives e a espetacular e a  impagável metáfora em torno da muralha de Jericó. - É um filme que não envelhece e prova que não são necessárias cenas apelativas de nudez para tentar chamar a atenção. Porém, vale notar, que para a época o filme continha cenas picantes, principalmente a de Gable tirando toda a camisa. - Todo ótimo filme carrega uma crítica social e a demonstra de forma sutil mas profunda. Aqui é a luta de classes, contrastando a classe alta com a média e seus respectivos valores. - Dois personagens secundários são muito bem interpretados, a figura do pai de Colbert e o editor do jornal que Gable é despedido. Os outros são caricatos mas bem engraçados, funcionando em uma comédia leve. Contras: - O título de uma obra deve ser ao mesmo tempo intrigante e impactante, atraindo atenção. Mas o mais importante é que ele precisa dizer algo sobre o filme. O título Aconteceu Naquela Noite, bem semelhante ao original It Happened One Night, não é fiel aos acontecimentos retratados. A paixão entre Gable e Colbert não aconteceu em uma noite, mas sim foi sendo construída ao longo de várias. O título é fundamental, e muitas vezes pode alterar a percepção que temos sobre um filme, tanto de forma positiva quanto negativa. Basta fazer pequenos testes, alterando o nome dos seus filmes preferidos e ver se eles causam o mesmo impacto. Definitivamente, It Happened in One Night não é um título que se identifica com o filme em questão. - Seu estrondoso sucesso e qualidade provocaram milhares de imitações de quinta categoria que poluem os cinemas até hoje e que muitas vezes arrecadam milhões nas bilheterias. Não é culpa do filme em si, mas sim da indústria, não deixando porém de ser um contra. - Pode ser certa implicância, mas a atuação de Colbert é extremamente irregular, alternando momentos minimalistas brilhantes, como quando chuta despretenciosamente um bolo de feno em Gable ou deixa uma singela lágrima aparecer em seu olho, com momentos de puro melodrama barato, como quando declara seu amor de forma exagerada. - Os momentos finais, apesar de satisfatórios e com suspense, podiam ser ainda mais impactantes, pois um personagem fundamental não aparece. Vejam e formulem uma opinião. Devo Assistir ? É um filme totalmente acessível e divertido. Não é um épico nem um drama, e funciona mais como entretenimento sem compromisso, mas de qualidade e muita personalidade.
tópicos sobre narrativa, roteiros e mundos virtuais
Além do Cotidiano
Além do Cotidiano
tópicos sobre narrativa, roteiros e mundos virtuais

Aconteceu Naquela Noite (1934)

Por Sandro Massarani Nome: Aconteceu Naquela Noite Rating: 8 / 10 Nome Original: It Happened One Night Ano: 1934 País: EUA Cor: Preto e Branco Duração: 105 min. Dirigido por: Frank Capra Escrito por: Robert Riskin, baseado em uma história de Samuel Adams Estrelado por: Clark Gable, Claudette Colbert, Walter Connolly "Qualquer homem que se apaixone por sua filha tem que ter a cabeça examinada." Enredo: Garota rica e mimada foge do pai e embarca em uma longa viagem de ônibus com o objetivo de casar com um playboy, mas muda de planos ao encontrar no caminho um jornalista desempregado interessado em sua história. Filme que ajudou a consolidar várias convenções da comédia romântica e foi a primeira obra a ganhar os cinco principais Oscars. Histórico: Ano após ano inúmeras comédias românticas chegam ao mercado, pois são relativamete baratas de serem produzidas e possuem um amplo público, com um apelo especial as adolescentes. Praticamente todas essas obras, não importando sua qualidade, tem relação com uma das maiores surpresas da história do cinema: Aconteceu Naquela Noite, que contrário à todas as expectativas iniciais se tornou um dos grandes sucessos de todos os tempos e praticamente pavimentou os caminhos do diretor Frank Capra e de Clark Gable, que se tornariam referências do cinema mundial. Harry Cohn, chefe da Columbia Pictures, na época um estúdio menor, fez uma interessante proposta para o lendário Louis Mayer, co-fundador da Metro- Goldwin-Mayer (MGM). Cohn pediu emprestado o astro Clark Gable, oferecendo para o futuro os serviços de Frank Capra em troca. Era a época do sistema das estrelas de estúdio (star system), criado pelo próprio Mayer, onde os artistas ficavam ligados exclusivamente a um grande estúdio, dando uma característa única a cada empresa, sendo disputados de todas as formas. Mayer, revoltado com os pedidos de Gable por dinheiro, achava que o ator estava fazendo "corpo mole" e resolveu mandá-lo para a Columbia como uma espécie de castigo, onde atuaria em uma comédia de pouco orçamento que Capra estava organizando. Capra ficou insatisfeito com a chegada de Gable, pois pretendia outro ator para seu projeto. Gable, que já era conhecido, apareceu totalmente bêbado no escritório do diretor, que ainda não era muito famoso, desdenhando o filme. Capra também teve problemas com Claudette Colbert, e os dois discutiam constantemente. Na famosa cena da carona, Colbert se recusou a mostrar suas famosas pernas. Quando Capra pediu uma dublê, Colbert achou que a perna de uma outra qualquer sendo filmada como sua poderia manchar sua imagem, e então resolveu filmar a cena. Antes mesmo das filmagens começarem, Capra pensou em abandonar o projeto, mas como a Columbia já havia investido na obra, isso não foi possível. Gable, ironicamente, passou a se interessar pelo papel, se identificando com o personagem. Percebendo a excelente direção e liberdade que Capra lhe dava, se tornaram grandes amigos. Gable pela primeira vez pôde mostrar ao máximo seu estilo carismático de pessoa de bom coração com jeito de cafajeste que o levaria a ser uma das estrelas hollywoodianas mais famosas, acabando por atingir seu ápice em E o Vento Levou (Gone With the Wind, Victor Fleming - 1939). Como esperado, o filme inicialmente não fez sucesso, quase não tendo investimentos em propaganda. Porém, a história da menina rica que se apaixona por um jornalista desempregado, um conto de fadas bem ao estilo de Capra situado no meio dos Estados Unidos da Grande Depressão, mexeu de tal forma no imaginário da audiência que a obra começou a fazer um estrondoso sucesso. Acrescente a qualidade dos atores e da direção, o humor na medida certa, o conflito típico de personalidades distintas mas que se completam, e o final com suspense, e temos como resultado um grande vencedor. Aconteceu Naquela Noite foi o primeiro filme a vencer os cinco principais Oscars (Filme, Direção, Ator, Atriz, Roteiro). Colbert estava a caminho de Nova York quando foi abordada na estação de trem em Los Angeles e levada para a premiação, surpreendida com a vitória. Nada mal para um filme que nenhum dos atores principais desejava realizar, e o diretor esteve prestes a abandonar. A vida age por modos estranhos. Prós: - Seu sucesso ajudou a consolidar o padrão a ser seguido em comédias românticas, estabelecendo a fórmula do gênero (casal aparentemente incompatível que se apaixona) que é aplicada inúmeras vezes ano após ano. - A construção da paixão entre os personagens é feita de maneira gradativa e satisfatória. Não é nada corrido e artificial. Isso é importantíssimo pois dá credibilidade ao roteiro e aos personagens, que ficam mais realistas. A passagem de tempo ficou muito bem executada. - Contém várias cenas marcantes, como a da carona, a discussão simulada para enganar os detetives e a espetacular e a  impagável metáfora em torno da muralha de Jericó. - É um filme que não envelhece e prova que não são necessárias cenas apelativas de nudez para tentar chamar a atenção. Porém, vale notar, que para a época o filme continha cenas picantes, principalmente a de Gable tirando toda a camisa. - Todo ótimo filme carrega uma crítica social e a demonstra de forma sutil mas profunda. Aqui é a luta de classes, contrastando a classe alta com a média e seus respectivos valores. - Dois personagens secundários são muito bem interpretados, a figura do pai de Colbert e o editor do jornal que Gable é despedido. Os outros são caricatos mas bem engraçados, funcionando em uma comédia leve. Contras: - O título de uma obra deve ser ao mesmo tempo intrigante e impactante, atraindo atenção. Mas o mais importante é que ele precisa dizer algo sobre o filme. O título Aconteceu Naquela Noite, bem semelhante ao original It Happened One Night, não é fiel aos acontecimentos retratados. A paixão entre Gable e Colbert não aconteceu em uma noite, mas sim foi sendo construída ao longo de várias. O título é fundamental, e muitas vezes pode alterar a percepção que temos sobre um filme, tanto de forma positiva quanto negativa. Basta fazer pequenos testes, alterando o nome dos seus filmes preferidos e ver se eles causam o mesmo impacto. Definitivamente, It Happened in One Night não é um título que se identifica com o filme em questão. - Seu estrondoso sucesso e qualidade provocaram milhares de imitações de quinta categoria que poluem os cinemas até hoje e que muitas vezes arrecadam milhões nas bilheterias. Não é culpa do filme em si, mas sim da indústria, não deixando porém de ser um contra. - Pode ser certa implicância, mas a atuação de Colbert é extremamente irregular, alternando momentos minimalistas brilhantes, como quando chuta despretenciosamente um bolo de feno em Gable ou deixa uma singela lágrima aparecer em seu olho, com momentos de puro melodrama barato, como quando declara seu amor de forma exagerada. - Os momentos finais, apesar de satisfatórios e com suspense, podiam ser ainda mais impactantes, pois um personagem fundamental não aparece. Vejam e formulem uma opinião. Devo Assistir ? É um filme totalmente acessível e divertido. Não é um épico nem um drama, e funciona mais como entretenimento sem compromisso, mas de qualidade e muita personalidade.